Comissão Organizadora:                                                                   

 

Bruno Henriques

 

Licenciado em arquitectura, com pós-graduação em cenografia pela Faculdade de Arquitectura de Lisboa; mestre em Estudos de Teatro pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.

Investigador no Centro de Estudos de Teatro da Faculdade de Letras, debruçando-se sobre história do teatro português dos séculos XVII, XVIII e XIX, e a reconstrução virtual dos espaços teatrais desaparecidos.

É membro das equipas dos projectos Textos proibidos e censurados do teatro português do séc. XVIII - (Centro de Estudos de Teatro – Fundação Calouste Gulbenkian, Coordenador José Camões) e HTP on line -Documentos para a História do Teatro em Portugal (www.fl.ul.pt/cethtp). Colaborou, em 2012-2013, no projecto O Pátio das Arcas de Lisboa – reconstituição virtual (http://www.letras.ulisboa.pt/cet-teatros-virtuais) (Universidade de Lisboa / Universidade de Sevilha, coord. José Camões e Mercedes de los Reyes Peña).

Tem apresentado os resultados das suas investigações em colóquios nacionais e internacionais, tendo integrado a Comissão Organizadora do Colóquio Internacional Teatro: Estética e Poder (Centro de Estudos de Teatro e Centro de Estudos Clássicos da Faculdade de Letras de Lisboa, Novembro 2013).

 

 

 

Filipa Freitas

 

Mestre em Estudos Portugueses. Colaboradora/bolseira do Centro de Estudos de Teatro.
Membro das equipas dos projectos Teatro de Autores Portugueses do Séc. XVI (
www.cet-e-quinhentos.com); Teatro de Autores Portugueses do Séc. XVII (www.cet-e-seiscentos.com), HTP on line -Documentos para a História do teatro em Portugal (www.fl.ul.pt/cethtp), Centro de Estudos de Teatro; TETRA (Teatro e Tradução): Para uma história da tradução teatral em Portugal, 1800 - 2009 (http://tetra.letras.ulisboa.pt/tetra/
), Centro de Estudos Comparatistas.
Tem apresentado o resultado das suas investigações em congressos nacionais e internacionais, para além de colaborar nas edições do Centro de Estudos de Teatro (Benedetto Marcello, O Teatro à Moda, 2009; Comédias, de Sá de Miranda, 2013) 

 

 

 

José Camões (coordenador)

 

Investigador integrado do Centro de Estudos de Teatro da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, onde desenvolve trabalho sobre a História do Teatro em Portugal e edição de teatro clássico português, produzindo ferramentas que preparam investigação nas«humanidades digitais». Centra a sua actividade de investigação sobretudo nos séculos XVI, XVII e XVIII, assegurando a coordenação científica de vários projectos: HTP on line - Documentos para a História do teatro em Portugal (www.fl.ul.pt/cethtp);Teatro de Autores Portugueses do Séc. XVI (www.cet-e-quinhentos.com);Teatro de Autores Portugueses do Séc. XVII (www.cet-e-seiscentos.com);Textos proibidos e censurados no teatro português do séc. XVIII.

 

 

 

José Pedro Sousa

 

Mestre em Ciência Política e Relações Internacionais. Doutorando em Estudos de Teatro (bolseiro FCT) com a tese A Arte e o Ofício do Teatro em Portugal no Século XVII.

Investigador integrado do Centro de Estudos de Teatro, onde trabalha, sobretudo, sobre história do teatro maneirista e barroco.

Membro das equipas dos projectos Teatro de Autores Portugueses do Séc. XVI (www.cet-e-quinhentos.com) e Teatro de Autores Portugueses do Séc. XVII (www.cet-e-seiscentos.com), Centro de Estudos de Teatro; TETRA (Teatro e Tradução): Para uma história da tradução teatral em Portugal, 1800 - 2009 (http://tetra.letras.ulisboa.pt/tetra/) e do grupo Diálogos Ibéricos e Ibero-americanos, Centro de Estudos Comparatistas.

Tem publicado diversos artigos sobre teatro português em várias revistas e actas de congressos nacionais e estrangeiros. É co-organizador do encontro Entremez, Comédia e outros Diálogos no Teatro Português do Século XVII (2014) e co-editor da Homenagem a Stephen Reckert (IN-CM 2011).

 

 

 

Manuel Calderón Calderón

 

Doutor em Filologia Românica e Licenciado em Filologia Hispânica pela Universidade de Barcelona. Professor catedrático do Instituto Espanhol de Lisboa e Investigador integrado do Centro de Estudos de Teatro da Universidade de Lisboa.

Membro das equipas dos projectos Teatro de Autores Portugueses do Séc. XVI (www.cet-e-quinhentos.com); Teatro de Autores Portugueses do Séc. XVII (www.cet-e-seiscentos.com) do Centro de Estudos de Teatro. Tem publicado diversos artigos especializados sobre literatura medieval, teatro ibérico dos séculos XVI e XVII, teatro de títeres e literatura brasileira. É editor do Teatro castellano de Gil Vicente (Crítica, Barcelona, 1996); Historia del invencible caballero Don Polindo (Toledo, 1526) (Universidad de Alcalá, 2003); Lope de Vega, El Duque de Viseo (Universidad Autónoma de Barcelona, 2005); Fray Hortensio Paravicino, La Gridonia (Consejo Superior de Investigaciones Científicas, Madrid, 2009) e co-editor da Homenagem a Stephen Reckert (Imprensa Nacional-Casa da Moeda, 2011). Traduziu para castelhano as Farsas de Gil Vicente (2008). Participa regularmente em congressos nacionais e internacionais focados na produção cultural portuguesa e espanhola dos séculos XVI e XVII.